György Lukács, o profeta da revolução

imagemPor Douglas Rodrigues Barros[1]

Não foram poucos os pensadores que viram na literatura uma interpretação de mundo e, além disso, a possibilidade de identificar na forma literária transformações que se efetivariam no terreno social. Lukács, entretanto, foi um dos primeiros, senão o primeiro, a observar com profundidade incomum os desdobramentos da forma literária como sinais de transformações, por vezes, dolorosas e radicais;

Leia mais

O Dia em que Sartre e os intelectuais franceses apoiaram as Farx

imagemEm 1965, a revista Documentos Políticos, de influência do Partido Comunista Colombiano, publica em sua edição #49 uma carta assinada pelos mais importantes intelectuais franceses da época. O documento leva por título “Solidariedade com os combatentes colombianos”.

A declaração dos intelectuais franceses faz uma breve exposição da situação repressiva, por parte das Forças Militares, que se vivia contra as comunidades campesinas em Colômbia. Ademais, manifesta seu apoio internacional sobre as ações de autodefesa agrária que se levava a cabo nas zonas rurais do país, as quais posteriormente se conheceriam como as FARC-EP, hoje em trânsito à vida civil.

Leia mais

Noca da Portela homenageará o PCB em show

imagemNesta sexta feira, dia 11 de agosto, o grande sambista e compositor Noca da Portela homenageará suas grandes paixões na vida: a Portela, o Fluminense F.C e o Partido Comunista Brasileiro (PCB). Noca sempre foi um militante e amigo dos comunistas do PCB, seu pai era estivador e militante do partido. Suas músicas sempre revelam uma crítica divertida, inteligente e popular em defesa das causas populares.

Leia mais

O Ódio e a Classe Média

imagem Por Carlos Serrano Ferreira

Cientista Político da UFRJ

Em 13 de julho de 1936, o coronel fascista José Moscardó Ituarte, que havia tomado desde o início do golpe franquista o Alcázar, em Toledo, onde se localizava a escola de infantaria, mantinha sob prisão ilegal militantes democratas. A fortaleza estava sob cerco das milícias legalistas republicanas sob direção do chefe local da Izquierda Republicana e secretário do colégio de advogados de Toledo, Candido Cabello. Este conseguiu aprisionar o filho de Moscardó, Luís, um estudante de vinte e quatro anos. Na tentativa de interromper as batalhas e salvar vidas, e acreditando no amor paternal, Cabello faz uma ameaça ao fascista, dando um ultimato de que fuzilaria o filho do mesmo se não se rendesse em dez minutos. Não foi isto o que aconteceu. Para apelar aos sentimentos paternais e comprovar a ameaça, colocou os dois no telefone, e se deu o seguinte diálogo:

Leia mais

PCB não participa de atos governistas

Está sendo convocado, na internet, para o dia 13 de março, um conjunto de atos públicos, com extensa pauta. Entre as diversas entidades e partidos políticos que assinam a convocação, na versão que vem sendo veiculada, consta, ao lado do PT e outras agremiações que se situam no campo governista, o Partido Comunista Brasileiro.

Nesse sentido, a Comissão Política Nacional do PCB vem a público comunicar que o partido não participará desse ato e, portanto, não autoriza a inclusão de nossa sigla na lista de entidades promotoras.

Nos próximos dias estaremos divulgando uma nota política sobre as razões de nossa não participação nesses atos e sobre os temas neles referidos.

Leia mais

Hoje é 8 de Outubro

HOJE É OITO DE OUTUBRO!

CHE

Che se comunicava por ações e suas palavras eram armas na luta. Na Renascença, havia o ‘homem universal’, que era grande em arte, ciência e literatura. No século XX, a Política compreendida como domínio do Homem do seu próprio destino na História – é a verdadeira forma de universalidade. Che era neste sentido, universal. Ele paira sobre o mundo mais que qualquer outro revolucionário, nesta era pós-clássica.

Leia mais