Entrevista com Jorge Dimitrov

7º Congresso da Internacional Comunista conclama a unidade popular contra o fascismo.

O ambiente do lado de fora daquele imenso salão, onde acabava de se reunir a plenária final do 7º Congresso da Internacional Comunista, estava bastante agitado e tomado por um esfuziante otimismo – como se a esperança tivesse vencido o medo. Os delegados de vários países se despediam e se desejavam boa sorte. Mas, infelizmente, muitos deles não poderiam deixar o solo soviético porque seus países eram como pátrias ocupadas por um exército invasor. Lá o fascismo havia chegado ao poder e esmagado todo e qualquer vestígio de liberdade democrática. Entre aqueles rostos variados, representando quase todos os povos da terra, também era possível notar a ausência de vários dirigentes comunistas como Gramsci e Thaelmann, que padeciam em prisões fascistas.

Leia mais

Encontros com Fidel. Testemunho de François Houtart

altPor François Houtart, professor do Instituto de Altos Estudos Nacionais (Equador), em artigo publicado por Rebelión

Revista IHU On-line

19 de janeiro de 2017

É difícil responder a um pedido de memórias pessoais a respeito de uma personalidade como Fidel sem cair no defeito de falar mais da pessoa que do personagem. No entanto, é o desafio que aceitei. Meu primeiro contato com Cuba data de antes da revolução, em março de 1953, durante um congresso da JOC. Depois de 1959, foi à ilha mais de cinquenta vezes, encontrando-me com Fidel em dez ocasiões. Segue a ordem cronológica enriquecida com reflexões sobre o contexto geral.

Leia mais

A entrevista perdida de Che Guevara

altA entrevista perdida de Che Guevara

Fonte: Diário Liberdade

Che Guevara, então ministro da Indústria de Cuba, em 1963

Em 13 de dezembro de 1964, o então ministro de Indústrias de Cuba comparecia aos estúdios da rede de televisão estadunidense CBS para conceder uma entrevista aos jornalistas Paul Niven e Richard C. Hottelet (CBS) e Tad Szulc (New York Times) durante o programa “Face to Nation”.

A Televisão Cubana recuperou a entrevista e a exibiu na última semana no programa “La Pupila Asombrada”, do canal Cubavisión.

Leia mais

Não houve primaveras nem foram árabes

Esta importante entrevista com Ahmed Bensaada, académico argelino radicado no Canadá, conhecedor profundo da realidade, desmascara o caráter democrático das chamadas “Primaveras Árabes”, a sua origem e verdadeiros objetivos. E pergunta: por que razão as chamadas Primaveras árabes deixaram intocadas as antidemocráticas monarquias árabes?

Autor de dois livros sobre este tema, “Arabesco americano”, em 2011, e Arabescos, em 2015, Ahmed Bensaada defende e prova que as chamadas “Primaveras árabes”, nada tiveram de primaveril e muito menos de árabe…

Leia mais

Festival de Cannes 2016 | Críticas de Ken Loach à UE ainda repercutem

O Festival de Cannes – considerado o maior e mais importante festival de cinema do mundo – já terminou e teve como grande vencedor o filme I, Daniel Blake,  que conta a história de um carpinteiro de 59 anos que, durante um exame médico de rotina, recebe o diagnóstico de um problema cardíaco e é aconselhado pelos médicos a parar de trabalhar. Entretanto, a seguridade social ameaça-o com sanções financeiras caso não consiga um emprego.

Leia mais

EUA: Por um novo Partido Comunista

Entrevista com a cientista política marxista Jodi Dean, autora do livro O Horizonte Comunista

Por Jodi Dean, via AntidoteZine, traduzido por Mayara Pinho e Patrícia Ferreira-Lemos.

Esta é a tradução de uma entrevista realizada com a cientista política Jodi Dean. Professora nas Universidades de Hobart e Willian, Jodi explora temas como o marxismo, a psicanálise, o pós-estruturalismo e o pós-modernismo, trazendo contribuições para aspectos da teoria política contemporânea, como a questão da mídia e a teoria feminista, principalmente com sua teoria do capitalismo comunicativo. Nesta entrevista que concedeu em 23/01/2016, ela fala sobre os possíveis caminhos da esquerda na conjuntura atual dos Estados Unidos, a partir de suas próprias reflexões sobre a política e a sociedade.

Leia mais

O Poder Popular em Cuba

Entrevista com Jesus Brigos, do Instituto de Filosofia de Cuba

Nos dias 27 a 29 de março de 2015, aconteceu o V Seminário da Frente Nacional Contra a Privatização da Saúde, no Rio de Janeiro. Um dos convidados internacionais foi o pesquisador cubano Jesus Pastor Garcia Brigos, do Instituto de Filosofia de Cuba. Entrevistado por Wladimir Nunes Pinheiro, do Comitê Central do PCB, entre outros assuntos, falou sobre o sistema político cubano.

Leia mais