O Golpe de 1964 e a Ditadura no Brasil

 

A Fundação Dinarco Reis anuncia, para o dia 31 de março, às 19:00, a entrevista com o jornalista e escritor Dênis de Moraes sobre o Golpe de 1964 e a Ditadura no Brasil. Neste momento de graves ameaças e ataques do governo Bolsonaro-Mourão e de seus aliados às liberdades democráticas, à ciência, à educação, à saúde, aos direitos da classe trabalhadora e à soberania nacional, torna-se absolutamente necessário aprofundar o debate sobre o período histórico em que vigorou no Brasil a ditadura empresarial-militar responsável pela instituição da censura, da tortura, do sequestro, exílio e morte de inúmeros brasileiros que se colocaram na oposição ao regime autocrático.

Debate que deve envolver também a firme resistência dos partidos, personalidades e organizações sociais cuja atuação foi fundamental para a superação dessa “página infeliz da nossa história”. Que esta atividade possa contribuir para a mobilização em defesa de uma alternativa política verdadeiramente popular e democrática em nosso país.

Dênis de Moraes é doutor em Comunicação e Cultura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, com pós-doutorados na École des Hautes Études en Sciences Sociales, de Paris, e no Consejo Latinoamericano de Ciencias Sociales (CLACSO, Argentina). É pesquisador do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e professor aposentado da Universidade Federal Fluminense. Foi contemplado com o Prêmio Internacional de Ensayo Pensar a Contracorriente pelo Ministério de Cultura de Cuba.

Dênis é autor, organizador e coautor de mais de 30 livros, tais como: A Esquerda e o Golpe de 1964; Prestes: Lutas e Autocríticas; Vianinha, Cúmplice da Paixão; Henfil, o Rebelde do Traço; O velho Graça: uma biografia de Graciliano Ramos; Por uma Outra Comunicação; Mídia, poder e contrapoder: da concentração monopólica à democratização da informação.