Toda solidariedade ao jornalista Luís Nassif

 

A Fundação de Estudos Políticos, Econômicos e Sociais Dinarco Reis, do Partido Comunista Brasileiro (PCB), vem a público prestar sua solidariedade ao jornalista Luís Nassif, que, nos últimos meses, vem sofrendo um processo de opressão judicial, em consequência de uma clara perseguição política promovida por seus desafetos. Segundo seu próprio relato, registrado no Jornal GGN, no artigo intitulado Estou juridicamente marcado para morrer: “Não há mais limites para a atuação de juízes militantes, fazendo do seu poder uma arma política, não apenas para inviabilizar a liberdade de expressão, mas para a própria destruição dos ‘inimigos’”.

Ações jurídicas perpetradas por políticos e movimentos de direita que foram alvo de denúncias produzidas pelo jornalista, o qual se destaca na defesa das liberdades democráticase na oposição ao Governo Bolsonaro-Mourão e seus aliados, vêm aplicando a cobrança de multas milionárias a Nassif, com a evidente intenção de sufocar sua atividade profissional por meios financeiros e judiciais, buscando impedir a continuidade de seu trabalho e impondo na prática a censura e o veto à liberdade de crítica.

A Fundação Dinarco Reis, seguindo a tradição de luta dos comunistas contra os regimes ditatoriais burgueses, que sempre agiram no sentido de impor violenta repressão aos trabalhadores e ao povo brasileiro, para beneficiar as classes dominantes e seus interesses econômicos e ideológicos, soma-se à manifestação das fundações partidárias, de inúmeras entidades, institutos e movimentos sociais, em repúdio a essa perseguição política e jurídica, defendendo, em contrapartida, a necessidade de um forte movimento de resistência e oposição aos retrocessos em curso no nosso país, pelo aprofundamento das liberdades democráticos e dos direitos sociais, com vistas à construção da verdadeira democracia, que a nosso ver se expressa no poder popular.

Fundação Dinarco Reis (PCB)