Conselhos de Desempregados em São Petersburgo em 1906

imagemPor Sergei Malyshev

Apresentação

Sergei Malyshev é mais um dos revolucionários Bolcheviques quase anônimos. Há pouquíssimas referências a ele e a seu trabalho revolucionário. Para além das notas biográficas da edição em inglês aqui traduzida – que não apresentam fontes -, é possível contar nos dedos as aparições do nome de Malyshev.

Lenin faz referência a ele duas vezes. A primeira em 1918, em um telegrama parabenizando-o pelo sucesso de sua missão, uma expedição pelos rios Volga e Kama para trocar bens industriais por grãos com os camponeses. A segunda em 1922, em uma carta à Molotov, dizendo que Malyshev era um dos dois únicos Bolcheviques que ele conhecia que tinha habilidade com comércio.

As outras duas fontes bibliográficas que fazem referência à Malyshev são a Enciclopédia Moderna de História Russa e Soviética e a Lista de Oficiais do Governo Soviético de 1921 a 1944. Nelas se encontram todos os cargos ocupados por Malyshev:

– Após da Revolução de Outubro foi membro do Comissariado do

Povo para o Trabalho;

– Entre 1920 e 1921 foi membro do Conselho Militar Revolucionário

do front do Turquestão;

– Entre 1921 e 1922 foi membro do Conselho do Trabalho e

Defesa;

– De 1925 a 1930 foi presidente dos Comitês de Comércio de Irbit e

Nizhni Novgorod;

– De 1930 a 1933 foi membro colegiado do Comissariado do Povo

para o Comércio Interno e Externo;

– De 1933 a 1934 foi membro do Comitê de Aquisições Agrárias;

– De 1934 em diante foi membro do Conselho Central das

Cooperativas de Consumidores.

Após uma vida de militância, luta e trabalho revolucionário, Sergei Malyshev faleceu de causas naturais em 1938. O presente escrito foi elaborado por Malyshev após a União Soviética alcançar o pleno emprego. Escrito como panfleto, transita entre o relato pessoal e a discussão sobre a organização política Bolchevique. Não só se trata de um documento com valor histórico, afinal, trata de lutas do proletariado russo pouquíssimo conhecidas, como serve de aporte para discutirmos a situação hoje no Brasil. Em um momento em que o desemprego no país cresce, como resultado das políticas de austeridade, visando à diminuição do preço da força de trabalho brasileira, a organização dos desempregados pode ser uma tática importante para o avanço da consciência de classe do proletariado brasileiro.

Link para baixar o livro completo de Malyshev: https://drive.google.com/file/d/0B7yYn5wZDvpJM1V1czEtNF9KdTBveWRXUXFJUmNTLW0temxv/view

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *